19 abril, 2017 as 15h57

Santa e Cordino fazem confronto do interior na semi do returno

Raposa joga em casa e tem vantagem do empate; Onça busca fazer história

Enquanto Sampaio e Moto se chocam em um lado das semifinais do returno do Campeonato Maranhense, Santa Quitéria e Cordino representam a força do interior e duelam por uma vaga na final da competição. Em jogo único na tarde desta quinta-feira, Raposa e Onça entram em campo, às 15h45, no Rodrigão.

Por ter tido melhor campanha na fase anterior, o Santinha tem a vantagem de empatar o jogo e mesmo assim avançar até a decisão do segundo turno. O Cordino, que conquistou o primeiro turno do Estadual, luta pela façanha de garantir o returno e de quebra levar o título do maranhense sem a necessidade das chamadas grandes finais.

Para o duelo, o Santa Quitéria não faz mistério quanto a escalação. O técnico Marquinhos Fumê já confirmou a equipe que vai enfrentar o Cordino na semifinal, a Raposa vai com força máxima e sem desfalques de ordem clínica ou suspensão.

Do lado do Cordino um total de cinco desfalques. O volante Émerson, o meia Rony e o atacante Léo Costa não jogam por lesão. A equipe também não conta com o zagueiro Ferreira e o lateral-direito Michel, que estão suspensos. Em contrapartida, o treinador contra com voltas importantes como a do goleiro Eduardo Alves, que estava suspenso, e do zagueiro Da Silva, que retorna de lesão.

Santa Quitéria: Solano, Thiaguinho, Renato, Pedro Júnior; Marcelo Maia, Marciano, Tim Marco, Zé Augusto; Jonas Piu Piu e Alessandro. Téc. Marquinhos Fumê.

Cordino: Eduardo Alves; Alef, Bruno, Da Silva e Jeferson; Júnior Negrão, Romero, Alison e Ullises; Pedro Gurmão e Di Maria.Téc Marlon Cutrim.

Arbitragem: Ranilton de Sousa; Elson da Costa e Raphael Max Pereira.

Tags
WhatsApp